confira a programação do III festival latitudes latinas: “nossos muitos outros centros”

periferia. periferia mata? periferia morre?
periferia vive. e pulsa. e cria. periferia tem muitos centros. nossos muitos outros centros. do descaso orquestrado do estado brotaram pelas periferias pretas e pretos poetas; brotaram artistas diversos, estéticas diversas. tem gente que dança, gente que canta, que toca, que pensa, que faz filme, gente que escreve, grafita, gente que agita. artes outras, artes que divertem, divergem, que pensam, deslocam. pra fazer pegar visão.
como conectar em rede estas energias tão fecundas? de que forma se juntar pra seguir celebrando a vida que pulsa intensa nas quebradas esquecidas de uma cidade que não é apenas seu “centro histórico”? onde ficam nossos outros centros? de que forma se juntar pra seguir celebrando e evocando a vida numa cidade, num estado, num país que escolheu matar sua juventude? olhe ao redor e veja muita gente fazendo o que sabe fazer de melhor: mostrar sua arte. uma arte que é arma, que é alma, arte que desarma desesperanças. porque tentaram nos enterrar e se esqueceram de que somos semente. por isso o rede ao redor, este encontro que vai juntar muita gente pra (vi)ver de perto as artes com as quais essa galera destes nossos outros centros está contando outras histórias.

dá uma olhada na programação abaixo e baixe o pdf aqui.

 

quinta, 30 de novembro de 2017

15 a 17hpapo (p)reto: “só quem passou fome pra chegar nesse apetite”
de que forma a periferia mata as fomes que não são de comida? (bate papo sobre as artes das/nas periferias)

participam: cairo costa + marcos paulo silva (juventude ativista de cajazeiras) | pedro maia (biblioteca zeferina) | josé eduardo ferreira (acervo da laje) | heraldo de deus e leno sacramento (ouriçado produções) | fátima gavião (calabar) | marcio bacelar (centro cultural plataforma) | fabricio cummings | marina lima + vaguiner bráz (coletivo cutucar) | marise urbano + ihago allech (copecine) | coletivo sarau do alto do cabrito | valdeck almeida de jesus | sandro sussuarana (sarau da onça) | natureza frança (a corda samba de roda) | eduardo alves + bruno novais + dimmy oliveira (diáspora: núcleo negro de pesquisa artística)

17h00mostra dialogada de curtas cine dendê (curadoria: copecine)
deus – vinicius silva | rj | 25 min. | 2016 | livre
estamos todos aqui – rafael mellim e chico santos | sp | 21 min. | 2017 | 14 anos

18h00sarau de plataforma e de outras latitudes
eduardo alves + bruno novais + dimmy oliveira (negras utopias) | cairo costa + marcos paulo silva (juventude ativista de cajazeiras) | coletivo sarau do alto do cabrito | valdeck almeida de jesus | sandro sussuarana (sarau da onça) | a corda samba de roda

 
sexta, 1 de dezembro de 2017

10h00 a 12h00bate papo musicado: mamasónika – dança que canta (méxico)

15 a 17h00papo de mulher preta:”se eu for pra essas mina um espelho, eu venci”
(bate bapo sobre trajetórias de mulheres negras)

participam: ananda santana | samira soares | marina lima (coletivo cutucar) | lívia natalia | justina santana | ana vaneska | dandara baldez | joyce mello | amanda rosa | lívia suarez + luise reis + jamile santana (la frida bike) | yuna sant´anna | marise urbano (cine dendê) | áurea semiséria | taíssa cazumbá | inajara diz santos (flor de milho quilombo de artes)

17h00mostra dialogada de curtas cine dendê (curadoria: copecine)
fervendo – camila gregório | ba | 16 min. | 2017 | livre
a invisibilidade da identidade negra na educação – taís amordivino | ba | 16 min. | 2016 | livre

18h00sarau de plataforma e de outras latitudes
( poesia + música + dança + performances)

convidadas: livia natália, amanda rosa, yuna sant´anna, joyce mello, áurea semiséria, dandara baldez

 
sábado, 2 de dezembro de 2017

10h00 a 12h00 – preta, vem de bike – la frida
+ kaleidokleta – leika mochán (méxico)

15 a 17h00somos semente (bate papo sobre genocídio da juventude negra e re-existências)

a paz: performance de vera v. / marcos araújo

participam: ítala herta (vale do dendê) | enderson araújo (movimentos) | reaja ou será morto/a | camila fiúza | gabriel swahili | jaguaraci aragão (mídia étnica) | icaro jorge (ocupapreto + coletivo ousar), gleide davis (coletivo sarau do cabrito), busta mavi (tallowah)

17h00 mostra dialogada de curtas cine dendê (curadoria: copecine)
rapsódia para um homem negro – gabriel martins | bh | 25 min. | 2015 | 12 anos
peripatético – jéssica queiroz | sp | 15 min. | 2017 | livre

a partir das 17h: feirinha de marcas das periferias
empoderamente (turbantes) | yabá acessórios | carlos oluyê (roupas)
laissa ferreira (sequilhos e biscoitos caseiros) | matias romani (pastéis veganos)

18h00shows e perfomances de encerramento
salt n´ jazz | moover dance | the black´s | mamasónika | tallowah
 

 


compartilhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • RSS
  • PDF
  • Email