dança e feminismo sem fronteiras

depois de trabalhar durante 3 anos com dança na interface de feminismo-violência-empoderamento em salvador (bahia, brasil), o grupo deslimites, mediações artísticas recebe o convite para compartilhar seu trabalho cênico “há violência no silêncio?” e a oficina “dança, empoderamento e feminismo” nos festivais internacionais teatro para el fin del mundo em tampico (tamaulipas, méxico) e montevideo (uruguai).

a rede de festivais teatro para el fin del mundo (tfm) garante hospedagem, alimentação e segurança mas não consegue garantir passagens aéreas até as cidades sede. após fazer o orçamento, o coletivo de artistas precisará cobrir R$ 26.600,00 para cinco passagens de salvador-tampico-montevideu-salvador, o transfer do aeroporto até o local, deslocamentos internos e seguro de saúde. diante disso o grupo lança a campanha de investimento coletivo que, com o apoio de todos, concretizará estas ações em rede. um dos desdobramentos esperados é que em 2019, salvador possa sediar este festival e seguir fortalecendo a relação arte, política, comunidades e feminismo na américa latina.

para contribuir, entre em contato direto com o coletivo pelo e-mail deslimitesmediacoes@gmail.com. a retribuição será de acordo com os valores das recompensas.

para maiores informações sobre o coletivo deslimites, mediações artísticas , suas ações e o festival de teatro para el fim del mundo, clique aqui.


compartilhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • RSS
  • PDF
  • Email