de viaje(s)

um daqueles nossos habituais e necessários passeios por delicias musicais. para alegrar os dias. para desarmar clichês e lugares comuns sobre as culturas destas latitudes. e para dividir com muita gente nossas novas descobertas.

confira as canções e os artistas desta edição

[spoiler title=”al ritmo de pacha” open=”0″ style=”1″]

canção do grupo pacha massive que faz parte cd all good things (2004). pacha massive é um duo, formado em nova iorque pelo dominicano nova (produtor, tecladista, programador e guitarrista) e pela colombiana maya (baixista).

[/spoiler] [spoiler title=”somos luz” open=”0″ style=”1″]

do grupo macaco. faz parte do cd ingravitto (2006) e conta com a participação especial de la mari do grupo chambao. macaco é um projeto musical multicultural que tem como líder o catalão dani macaco. formado em 1997, em barcelona, é integrado por músicos de diferentes países e culturas como brasil, camarões, venezuela, argentina e espanha.

[/spoiler] [spoiler title=”zitarrosa” open=”0″ style=”1″]

do disco mar dulce (2007). a canção, composta por juan campodónico e alejandro tuana, é um tributo ao escritor e poeta uruguaio alfredo zitarrosa e é intepretada pelo grupo bajofondo – fusão de vários músicos contemporâneos cujo denominador comum é a confluência no rio de la plata entre uruguaios e argentinos. a frase de zitarrosa “a milonga é filha do candombe, como o tango é filho da milonga” compõe não somente a canção mas o conceito sonoro do bajofondo.

[/spoiler] [spoiler title=”islamabar” open=”0″ style=”1″]

com as participações de anne marie detert e dalbir singh rattan, esta composição é do grupo novalima e faz parte do cd de mesmo nome, lançado em 2003. novalima é um grupo que se caracteriza por combinar a música eletrônica com a afroperuana, mas também transita por ritmos de outras partes do mundo, como “islamabar”, nome da capital do paquistão, uma de suas composições que nos remetem à sonoridade da música do oriente médio.

[/spoiler] [spoiler title=”waman” open=”0″ style=”1″]

do músico peruano miki gonzález. nascido em 1952, miki gonzález é um importante difusor dos ritmos andinos e afroperuanos, assim como dos instrumentos musicais utilizados. atualmente, dedica-se à música eletrônica, a partir da mescla desta com ritmos andinos. produto desta fase do artista é o cd iskay: inka beats (2006), do qual faz parte a composição que ouvimos aqui.

[/spoiler] [spoiler title=”olvídela compa” open=”0″ style=”1″]

canção que faz parte do terceiro e último disco oficial da banda nortec collective,  tijuana sessions, vol. 3 (2004).  nortec, cujo nome deriva da abreviação de “norteño + techno”, é um grupo de artistas experimentais da cidade mexicana de tijuana que conjuga em sua música a cultura nortenha de seu país com batidas eletrônicas. confira aqui um vídeo feito a partir de imagens do curta “el pasajero”.

[/spoiler] [spoiler title=”la danza del zorrito” open=”0″ style=”1″]

do  voladores trío.  formado por  omar ramírez (órgão e piano), fernando mántaras (contrabaixo, baixo elétrico, guitarra) e juan buonuome (bateria, cajón, bombo legüero), voladores trio tem uma proposta bastante eclética, em que combinam  ritmos latino-americanos com jazz. “la danza del zorrito” faz parte cd dance usted e inclui a voz do mestre cuchi leguizamón contando “cuento” do zorrito.

[/spoiler] [spoiler title=”brinkin” open=”0″ style=”1″]

do voladores trío, também do cd dance usted. esteticamente este trio instrumental  traz uma influência retrô, e combina a música acústica com a eletrônica, o moderno  e  o contemporâneo.

[/spoiler] [spoiler title=”bakiff” open=”0″ style=”1″]

de bebo valdés e federico britos, do cd beautiful music. bebo valdés – consagrado pianista e compositor cubano –  e federico brito – destacado violinista uruguaio – trabalharam juntos na produção deste álbum com  estilos  musicais como bossa nova, tango, e clássicos do jazz estadunidense como “bakiff”,  composta por  juan tizol, músico de origem porto-riquenha que integrou a orquestra de duke ellington.

[/spoiler] [spoiler title=”walsette” open=”0″ style=”1″]

composta e interpretada por christian basso, que é  músico, compositor, multi-instrumentista argentino, ex-integrante da banda la portuaria. basso  conta com três cds lançados. “walsette”, faz parte do seu primeiro disco solo,  pentalpha, lançado em 2003.este álbum traz  composições com letras em inglês e francês.

[/spoiler] [spoiler title=”girasol” open=”0″ style=”1″]

com o duo finlandia, do cd carnavales. o encontro de ritmos  tradicionais sulamericanos – com foco no brasil e na argentina –  se dá com o trabalho do duo finlandia, formado pelo argentino mauricio candussi e pelo brasileiro raphael evangelista, músicos que exploram este universo musical através da combinação de instrumentos como  acordeão, violoncelo e piano, com elementos eletrônicos.

[/spoiler] [spoiler title=”caracol” open=”0″ style=”1″]

de muna zul, que é formado pelas  cantoras mexicanas sandra cuevas, dora juárez e leika mochán. elas exploram as possibilidades sonoras de suas talentosas vozes, com as quais interpretam diversos gêneros musicais, como  pop, jazz, folk, bossa nova, salsa, blues, rap. “caracol” faz parte do cd en viaje (2006) um disco no qual  a voz se destaca como instrumento harmônico e percussivo.

[/spoiler] [spoiler title=”downtown (arterias)” open=”0″ style=”1″]

com andrés gualdrón y los animales blancos. gualdrón é cantor, compositor, programador, multi-instrumentista, e junto com a banda los animales blancos busca propor sons experimentais, com pensadas irregularidades, o que se aproxima da relação com a vida urbana.  confira a letra de “downtown”.

[/spoiler]

 


compartilhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • RSS
  • PDF
  • Email