iii congreso de estudios poscoloniales y iv jornadas de feminismo poscolonial

a partir da ação de “interrumper”, o iii congreso de estudios poscoloniales y iv jornadas de feminismo poscolonial – “interrupciones desde el sur: habitando cuerpos, territorios y saberes” apela para a cartografar, a partir do sul, experiências vivas que impliquem na descolonização dos campos do saber, dos corpos, das políticas representacionais do feminismo hegemônico tão questionadas pelo feminismo negro, fronteiriços, das margens, descoloniais, decoloniais, comunitários, das dissidências sexuais, a fim de expandir as fronteiras do mundo como mostra das possibilidades de habitá-lo. o congresso que será realizado de 12,13, 14 e 15 de dezembro em buenos aires, argentina, buscará:

visibilizar práticas e narrativas, que desde los sures, perturbam a modernidade colonial, tanto na sua memória de longa continuidade em termos da matriz da “colonialidade do poder / saber / ser”, questionando as várias formas e produção de subjetividades que expande o neoliberalismo contemporâneo;

cartografar as experiências sociais, artísticas, biográficas que emergem dos diversos modos de habitar os corpos, territórios e conhecimentos no presente global;

enriquecer as várias redes entre acadêmicos, ativistas, artistas e movimentos sociais dos diferentes sures;

os resumos devem ser enviados até 30 de junho de 2016. confira aqui a circular com outras informações.


compartilhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • RSS
  • PDF
  • Email