los músicos de josé y +

muito groove para este dia. e para os próximos, claro. na primeira parte você confere o trabalho dos mexicanos de los músicos de josé, que com seu funk aditivado buscam alegrar os pés e os dois lados do cérebro. na segunda parte, mais groove num passeio bailable que inclui colômbia, argentina, equador, brasil e cuba. e, como ensina thaíde na introdução de funk hum, “vamo que vamo que o som não pode parar!”

confira as canções e os artistas desta edição

na primeira parte do programa vamos ouvir uma seleção de composições da banda mexicana los músicos de josé. com três discos gravados, los músicos de josé (2005), chicotito groove (2008) e quasianimal (2013), este septeto vem se destacando na cena musical mexicana, com elementos do jazz, do funk, do rock, entre outras delícias sonoras.

[spoiler title=”el ablandador” open=”0″ style=”1″]

na voz de miguel haller, faz parte do disco quasianimal (2013), o terceiro e mais recente disco gravado pelo grupo.

[/spoiler] [spoiler title=”st coyote” open=”0″ style=”1″]

confira o vídeo de “st coyote”.

[/spoiler] [spoiler title=”moogy one” open=”0″ style=”1″]

é a faixa que abre o cd quasianimal e que, como o nome já indica, destaca a presença do sintetizador moog, que foi inventado pelo estadunidense robert moog.

[/spoiler] [spoiler title=”perdidos en rajasthan” open=”0″ style=”1″]

mais uma composição do disco  quasianimal (2013).

[/spoiler] [spoiler title=”la dejada de ir” open=”0″ style=”1″]

é um auto remix, com voz e letra do percussionista do grupo, gerardo balandrano. confira a apresentação de “la dejada de ir” no festival internacional de jazz mazunte oaxaca 2012, com mc charlort.

[/spoiler] [spoiler title=”us 7″ open=”0″ style=”1″]

do disco different sounds. o remix aqui fica por conta de origami, projeto de um grande amigo do grupo. confira o vídeo produzido por elias herrero zacarias, que ficou genial.

[/spoiler]

na segunda parte do programa você vai ouvir uma seleção de musicas afins.

[spoiler title=”perro salchicha” open=”0″ style=”1″]

do voladores trío. tendo o jazz como base de seu trabalho, voladores trío cria novas sonoridades a partir das experimentações provocadas do encontro deste  gênero  com bolero,  milonga,  bossa nova, como se pode conferir em “perro salchicha”, composição que faz parte do álbum dance usted.

[/spoiler] [spoiler title=”vamos los gauchos” open=”0″ style=”1″]

do compositor, produtor e multi-instrumentista axel krigier. considerado uma figura importante na cena da música alternativa na argentina, krigier tem se interessado pelo uso de elementos da música eletrônica num diálogo com o folk argentino, a cumbia, o rock, o jazz. “vamos los gauchos” faz parte do álbum zorzal.

[/spoiler] [spoiler title=”mateo y cabrera” open=”0″ style=”1″]

do bajofondo tango club, um coletivo formado por músicos da argentina e do uruguai, que desta união trazem as influências musicais da região platina, ampliando as possibilidades sonoras com a música eletrônica. supervielle (2004) é o segundo álbum do bajofondo,  com canções de luciano supervielle. “mateo y cabrera” traz fragmentos da canção “al mismo tiempo”, dos cantores populares uruguaios  eduardo mateo e fernando cabrera.

[/spoiler] [spoiler title=”mira lo que viene” open=”0″ style=”1″]

dos colombianos do  rita y sus manos. a reconciliação com a natureza e a vida é uma das propostas deste grupo. sua produção traz  canções  otimistas, com sonoridades que se aproximam  das tradições indígenas e afro-colombianas em diálogo com a música eletrônica, resultando no gênero que eles chamam de electroroots. “mira lo que viene” faz parte do cd de mesmo nome.

[/spoiler] [spoiler title=”oye” open=”0″ style=”1″]

dos equatorianos de  la grupa.  o diálogo da música tradicional equatoriana com a música contemporânea ganha destaque no trabalho deste grupo. a música afro-equatoriana (andarele – bambuco) se encontra com  ritmos indígenas, como o  sanjuanito, além de incrementar com o rock, o funk, entre outros gêneros. “oye” faz parte do cd la grupa.

[/spoiler] [spoiler title=”lo bueno no sale barato” open=”0″ style=”1″]

do grupo habana abierta, que é  formado por jovens músicos de uma geração que emerge em habana anos 90. eles reúnem no repertório a herança cultural e  musical cubana com as expectativas e esperanças nas novas gerações de artistas que surgem nas últimas décadas neste país.

[/spoiler] [spoiler title=”funk hum” open=”0″ style=”1″]

canção do álbum roda de funk (1999), primeiro trabalho da carreira dos rapazes do  funk como le gusta . neste álbum, o repertório envolve samba-rock e groove instrumentais, além da participação de cantoras  como a chilena anita tijoux e as brasileiras sandra de sá e fernanda abreu.

[/spoiler] [spoiler title=”no vamos a parar nunca” open=”0″ style=”1″]

canção composta por martin buscaglia e gonzalo brown, faz parte do álbum temporada de conejos (2010),  do cantor e compositor multi-instrumentista  martin buscaglia. fiel às inquietações musicais de buscaglia, este álbum traz suas experimentações com gêneros musicais diversos.

[/spoiler]

compartilhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • RSS
  • PDF
  • Email