m.a.d.r.e.s.

muitos são os modos de ser mãe. e nenhum deles se relaciona com as tantas ofertas especiais das grandes lojas do ramo. ou não deveria…
nesta edição, nossa discreta homenagem às mães. a todas elas.
confira aqui a historia do comité eureka e em latitudes poéticas os poemas incluídos no cd-livro reencuentros.
e espalhe por aí estas notícias. para que nunca mais precisemos escrever canções e poemas com estes temas.

confira as canções e os artistas desta edição

[spoiler title=”amniótico” open=”0″ style=”1″]

da colombiana andrea echeverri. com andrea echeverri, seu primeiro cd solo, a artista recebeu o premio mtv como melhor artista, além de ser indicada aos prêmios grammy. o álbum foi realizado durante a licença-maternidade da cantora, que na época deu à luz a sua primogênita milagros. produzido por héctor buitrago, este cd conceitualmente gira ao redor da experiência da maternidade, com canções sobre a amamentação, o primeiro “chute” e os processos de desenvolvimento de uma vida no corpo da mulher.

[/spoiler] [spoiler title=”rezo a la madre tierra” open=”0″ style=”1″]

do álbum son de los diablos – tonadas afro-hispanas del perú, gravado pela cantora, instrumentista e pesquisadora argentina diana baroni junto ao grupo sapukái. o álbum, gravado em paris no ano de 2003,  faz parte da coleção “les chants de la terre” (cantos da terra), e tem como proposta recriar o repertório tradicional afro-peruano recolhido por baroni a partir do manuscrito de trujillo, uma importante fonte musical do século XVIII.

[/spoiler] [spoiler title=”canción de cuna” open=”0″ style=”1″]

composta e interpretada pela colombiana marta gómez no cd cantos de agua dulce. “canción de cuna” significa canção de ninar ou acalanto, o que, como todos sabemos, é um canto para tranquilizar o bebê e, assim, fazê-lo dormir. no entanto, a “canción de cuna” de marta gómez, cujo ritmo é o carnavalito, tem como protagonista uma pobre mulher grávida que canta para acalmar-se a si mesma, para levar para longe através do canto todo seu sofrimento e preparar o mundo para seu bebê que está por vir. confira o vídeo e a letra da canção.

http://youtu.be/06yMrhVL-EQ

[quote style=”1″]

A este niño que viene ya lo estoy esperando
Trae el sol en sus ojos
Y el abrazo del mar en su voz
Cuando venga mi niño que me encuentre cantando
Mientras a Dios le pido que se lleve mi llanto
Canto a ver si al llanto se lo lleva el aire
Se lo lleva lejos, muy lejos de aquí
Lloro por si acaso los cielos se nublan
Y aunque sea la lluvia se apiada de mí
Ay! Y de mi niño que viene!
A este niño que viene ya lo estoy esperando
Nada puedo yo darle
Más que el mundo que esconde en mi vientre su amor.
Cuando nazca mi niño, que me encuentre cantando
Canto mientras me olvido
De esta vida tan sola que a mí me tocó.
Canto a ver si al llanto se lo lleva el aire
Se lo lleva lejos, muy lejos de aquí
Canto por si acaso los cielos se nublan
Y aunque sea la luna se acuerda de mí
Canto a ver si acaso hay un dios que me escucha
Ese Dios dormido que no piensa en mí
Canto por mi niño que no tiene culpa
De no tener techo ni dónde dormir
Ay! Este niño que viene!

[/quote] [/spoiler] [spoiler title=”leyenda del viento” open=”0″ style=”1″]

do álbum el compañero, de susana bosch. a cantora, cuja produção musical é voltada para o público infantil, atua também como professora de iniciação musical e expressão corporal e realiza oficinas em diferentes lugares de seu país. integrou o grupo “canciones para no dormir la siesta”, com o qual gravou quinze discos, e hoje dedica-se à carreira solo.

[/spoiler] [spoiler title=”chichi bunichi” open=”0″ style=”1″]

composição interpretada pela cantora paulista fortuna, que canta em ladino. a cantora desenvolve um trabalho de resgate das tradições do cancioneiro ladino, idioma dos sefaraditas, falado no passado pelas comunidades judaicas na península ibérica. a canção faz parte do cd la prima vez (1993).

[/spoiler] [spoiler title=”canción de cuna chané” open=”0″ style=”1″]

é uma canção de ninar de uma pequena população autóctone situada no noroeste argentino, os chané. é interpretada aqui pelo grupo de boca en boca no cd música de mundos. de boca en boca foi um quarteto vocal de câmara da cidade de córdoba, argentina, que interpretava canções tradicionais de diversos lugares do mundo.

[/spoiler] [spoiler title=”mita ñembotororé” open=”0″ style=”1″]

é um blues interpretado por yenia rivarola cujo título faz referência ao movimento que se faz com os braços para fazer uma criança dormir. “mita ñembotororé” foi composta por victor “pato” britz e por carlos martínez gamba, importante escritor paraguaio que escreve em guarani, vencedor  do premio nacional de literatura em 2003 por sua obra poética. “mita ñembotororé” faz parte do cd febrero.

[/spoiler] [spoiler title=”cantiga de berce” open=”0″ style=”1″]

de letra de felix otero e música de xose luis rivas,  interpretada pelo grupo luar na lubre no cd cabo do mundo. luar na lubre é um projeto musical que tem como foco as músicas de raízes galegas. além de interpretar suas próprias composições, o grupo interpreta outras tantas que fazem parte do cancioneiro tradicional de galicia, como “cantiga na berce”, canção do grupo fuxan os ventos, referência musical e histórica da região.

[/spoiler] [spoiler title=”la condessa” open=”0″ style=”1″]

esta cantiga infantil é interpretada por antonio carlos nóbrega, solange maria e por um coro infantil no disco brincadeiras de roda, estórias e canções de ninar. lançado em 1983, o disco é uma coletânea que reúne canções e histórias infantis recolhidas pela pesquisadora esther pedreira de cerqueira (salvador, 1883) e publicadas, em 1978, em seu livro folclore musicado da bahia.

[/spoiler] [spoiler title=”drume negrita” open=”0″ style=”1″]

do cubano e. grenet, esta canção de ninar é interpretada aqui pela cantora marina de la riva. a canção, que ficou conhecida através do músico cubano bola de nieve (ignacio jacinto villa fernández), foi gravada também por outros artistas brasileiros, como caetano veloso, joyce e badi assad.

[quote style=”1″]

Mamá, la negrita,
se les salen los pies la cunita
y la negra Mercé
ya no sabe que hace’.

Tú drume negrita
que yo va compra nueva cunita
que va a tene’ capitel
que va a tene’ cascabel.

Si tú drumes
yo te traigo un mamey
muy colorao.
Y si no drume
yo te traigo un babalao
que da pao, pao.

[/quote] [/spoiler] [spoiler title=”llevarte al mar” open=”0″ style=”1″]

esta belíssima canção é do cantor e compositor guillermo anderson. o artista é uma referência quando se fala na música produzida em honduras e um importante ativista em questões sociais e ambientais. sua trajetória e seu papel no cenário cultural do país lhe renderam o título de embaixador cultural de honduras no mundo. a canção faz parte do álbum homônimo, lançado em 2004 pelo selo papaya music. confira o vídeo e a letra da canção.

[quote style=”1″]

no pierdo la esperanza
no pierdo la esperanza
de llavarte al mar
para que veas la danza
el vuelo de gaviotas
las olas brillar
voy guardando centavitos
de las últimas cosechas
si dios quiere el próximo año
llegaremos a la fecha
prepárate para ver todo
lo que hay y te he contado
el mar es un cielo de agua
y nunca se ve el otro lado
no pierdo la esperanza…
vas a ver que divertido
es dibujar sobre la arena
tomar agüita de coco
si el calor del sol te quema
vieras que linda la tarde
cuando el sol va a despedirse
pinta el agua pinta el cielo
y dice adiós antes de irse

no pierdo la esperanza…
regresaremos cansados
pero alegres de haber ido
de recuerdo un caracol
quedará de un sueño cumplido
no pierdo la esperanza…

[/quote] [/spoiler] [spoiler title=”paisajes de la infancia” open=”0″ style=”1″]

do violonista argentino sergio romano, em seu disco instrumental acústico intitulado armonía. o músico nasceu em azul, cidade da província de buenos aires, na década de 60, e tem dois discos gravados: armonía e volver a soñar.  assista ao vídeo desta bela composição.

[/spoiler] [spoiler title=”canción de cuna” open=”0″ style=”1″]

na voz de maría fernada carrasco, vocalista do grupo la mano ajena. liderado pelo multi-instrumentista rodrigo latorre, este coletivo musical chileno é integrado por músicos, atores e artistas plásticos. “canción de cuna” pertence ao segundo cd do grupo, radio galena (2008), um disco conceitual, concebido como uma antiga rádio artesanal, com locuções, canções, anúncios publicitários, jingles, ruídos, ou seja, com tudo o que se possa imaginar que exista numa rádio de galena.

[/spoiler] [spoiler title=”cuando pedro llegó” open=”0″ style=”1″]

canção do álbum vidas do cantor espanhol, das ilhas canárias, pedro guerra. o álbum, lançado em 2008 após uma pausa de quase quatro anos nas gravações, é composto exclusivamente por canções inéditas, duas delas dedicadas a seus filhos: “lara” e “cuando pedro llegó”.

[quote style=”1″]

la ilusión se hizo latido
y el latido un garbancito en su interior
poco a poco el garbancito
tuvo dedos labios ojos corazón
la inquietud golpeaba el nido
culebrillas en el vientre de mamá
y la resta de los días
fue sumando vida contra la ansiedad
hubo fiesta en las flores
se inundaron los cauces
de todos los ríos
y al unísono todas las voces
hablaron de amor
se brindó en las tabernas
se encendieron farolas
en pueblos perdidos
y las musas brindaron canciones
cuando pedro llegó
la emoción cuadró su rumbo
la cabeza entre los pliegues del amor
rompió en luz un mes de julio
y el tic tac del mundo dio su aprobación
la ilusión cumplió sus cuentas
del latido a la caricia del dolor
la mirada que despierta
guarda en su inocencia todo lo que soy
hubo fiesta en las flores
se inundaron los cauces
de todos los ríos
y al unísono todas las voces
hablaron de amor
se brindó en las tabernas
se encendieron farolas
en pueblos perdidos
y las musas brindaron canciones
cuando pedro llegó

[/quote] [/spoiler] [spoiler title=”cuídame” open=”0″ style=”1″]

esta canção, interpretada por pedro guerra e  jorge drexler,  faz parte do  disco-livro reencuentros, que é um  projeto coletivo criado pela fundação contamíname, la asociación abuela de plaza de mayo e h.i.j.o.s. madrid, em que busca através das músicas e dos textos  de conhecidos cantores e escritores provocar a reflexão sobre o sequestro de crianças durante o período da ditadura militar na argentina e no uruguai. além disso, o projeto vem colaborando com a busca dos desaparecidos, uma luta que vem sendo realizada pelas madres de la plaza de mayo. confira aqui poemas do livro reencuentros e a letra da canção “cuídame”.

[/spoiler] [spoiler title=”dignificada” open=”0″ style=”1″]

do cd una sangre (2004), da cantora mexicana lila downs. “dignificada” é uma canção que faz referência a digna ochoa, defensora dos direitos humanos no méxico, e a las madres de eureka, um grupo de mulheres mexicanas que, como as mães da praça de maio, pressionam o estado na busca por seus familiares desaparecidos, concretizando assim o sentido real dos direitos humanos, que para digna ochoa, significou o interesse e defesa dos direitos do outro. conheça um pouco mais sobre las madres de eureka no vídeo da canção “dignificada”.

[/spoiler]

 


compartilhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • RSS
  • PDF
  • Email