murgafroreggae y otros ritmos

pegue um pouco de ska. agora inclua um pouco dos ritmos cubanos e alguns elementos do jazz, do funk e do afrobeat. pronto: você está se aproximando do universo da yeska, banda formada na califórnia por seis jovens músicos que batizaram um de seus (excelentes) discos de skafrocubanjazz…
confira na edição desta semana misturas como estas e muito mais: a salsamuffin de sergent garcía e as bailables combinações de puerto candelaria, habana abierta e la república. na segunda parte do programa você confere o trabalho de bandas e artistas que investem no som dos tambores, no melhor estilo samba reggae e murga. por uma semana (y un siglo entero) bailable!

[spoiler title=”que corra la voz” open=”0″ style=”1″]

é uma das faixas do disco la semilla escondida (2003) de sergent garcia. mais conhecido como sergent, bruno garcia é um músico que surgiu na cena musical da frança, anos 90, e propôs a combinação de  ritmos latino-americanos com o raggamuffin jamaicano, surgindo o ritmo que chamou de salsamuffin. confira abaixo uma apresentação ao vivo do músico.

[/spoiler]

[spoiler title=”que viene el maní” open=”0″ style=”1″]

faz parte do disco un poquito quema’o (1999) de sergent garcia. ao longo de 16 anos,  em carreira solo, sergent conta com oito cds lançados e  tem demonstrado grande  interesse pelas experimentações musicais, como também pelo diálogo entre diferentes culturas.

[/spoiler] [spoiler title=”fideo (para llevar)” open=”0″ style=”1″]

do grupo yeska. fundado na cidade de los angeles, yeska é um extinto grupo que se caracterizava por combinar o ska, o jazz e a música cubana, e tinha como influências artistas como tito puente e mongo santamaria.

[/spoiler] [spoiler title=”sargento remolacha” open=”0″ style=”1″]

faz parte do cd vuelta canela (2010) de puerto candelaria. a banda surge da reunião de seis músicos com o interesse de criar uma nova maneira de escutar e olhar a música colombiana. com 12 anos de carreira, a banda conta com seis trabalhos discográficos. cumbia underground e  jazz a lo colombiano são algumas das propostas musicais de puerto candelária. conheça mais sobre a banda no vídeo abaixo:

[/spoiler] [spoiler title=”lo bueno no sale barato” open=”0″ style=”1″]

do grupo cubano radicado na espanha habana abierta. esta canção faz parte do cd boomerang (2005), primeira produção discográfica do grupo, oriundo de uma geração de artistas que emergiram na cena musical de habana nos anos 90.

[/spoiler] [spoiler title=”fueron” open=”0″ style=”1″]

da banda no te va gustar. formada em 1994, com oito cds lançados, ntvg conduz a sua carreira musical transitando entre ritmos tradicionais e universais, combinando o rock com a murga, o reggae, o candombe, a salsa e o ska. “fueron” faz parte do cd aunque cueste ver el sol (2004).

[quote style=”1″]

mi destino no lo elijo yo
y el camino tampoco
aprendimos solamente a flotar
y a vivir como locos
tenés permiso para quedarte a mirar
solo quieren tu voto
si te dicen que todo va a mejorar
ya no los mires
y nunca te olvides que…
fueron ellos
fueron ellos
ya se van
y les enferma la idea
de no lograr
robarnos lo que nos queda
esas ganas de no querernos callar
y de juntarnos de a poco
que no paremos nunca más de cantar
y que brindemos
porque sabemos que…
fueron ellos
fueron ellos
va a terminar
llega el final
dentro de un rato será de nosotros, todo
llego el momento de dejar de llorar
porque no tienen tu voto
y si te dicen que todo va a mejorar
ya no los mires
y nunca te olvides que…
fueron ellos
fueron ellos
fueron ellos
fueron ellos

[/quote]

[/spoiler] [spoiler title=”nueva era” open=”0″ style=”1″]

interpretada pela cantora e percussionista argentina vivi pozzebón. após o trabalho realizado no quarteto de boca en boca, vivi lança em 2012 o segundo álbum da carreira solo, madre baile, em que o diálogo entre diferentes ritmos e instrumentos entrelaçam saberes de distintas culturas. a canção “nueva era”, em ritmo de samba-reggae, é uma composição do músico uruguaio pájaro canzani.

[quote style=”1″]

Era una nueva era,
una vez primera
y por ser primera
aquella noche la goce entera
Como primavera,
una nueva era,
la vida me llevaba
en su torrente corriendo…
pababababa…
Era una banda entera
de la nueva era
Todas amazonas tropicalismo
a la brasilera
Cómo retumbaba
toda la ladera
Desde el morro bajaba
una energía diciendo…
pababababa…
parana, parana …
Ey! es la nueva era
Abran las ventanas
y a brillar afuera
Mil percusionistas a construir
la nueva quimera
Por las avenidas
de la gozadera
Es la nueva era
y esa pollera rebola así
Ay rebola así
pababababa…
parana, parana …
Era, era, era…

[/quote]

[/spoiler] [spoiler title=”matador” open=”0″ style=”1″]

composição de flavio  cianciarulo  de los fabulosos cadillacs. esta canção é considerada um dos clássicos  de lfc; em ritmo de samba-reggae e murga, ela faz referência a victor jara, cantor, compositor chileno, comprometido na luta contra as injustiças sociais, e a ditadura militar no chile.

[/spoiler] [spoiler title=”la bala” open=”0″ style=”1″]

do álbum la makinita de juana fe. esse cd é considerado um dos mais populares da banda, pois combina   funk,  cumbia, com crítica e reflexão social. “la bala” aborda a questão dos direitos humanos na américa latina, além de falar sobre victor jara. confira o vídeo.

[/spoiler] [spoiler title=”la distancia” open=”0″ style=”1″]

de  panteón rococó. formada no méxico, com 19 anos de carreira, panteón rococó mantém a sua proposta de crítica social e política, usando o possível diálogo do ska com o reggaetón e o rock.

[/spoiler]

[spoiler title=”menino da rua” open=”0″ style=”1″]

faz parte do  cd mirando el mundo al revés (2007) dos rapazes do che sudaka. o ska, o reggae, o punk e o rap marcam a trajetória do  grupo, formado na cidade de barcelona, espanha. che sudaka demonstra através das suas canções a preocupação com questões sociais. a canção “menino da rua” aborda a condição das crianças em situação de rua.

[/spoiler]

compartilhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • RSS
  • PDF
  • Email