puentes, lazos, encuentros

trilha sonora para celebrar encontros

cada vez mais perto, cada vez melhor conectados. nesta edição a gente destaca pra você algumas boas notícias, entre elas uma iniciativa que vai permitir que filmes produzidos nos países do mercosul possam ser exibidos simultaneamente em diferentes cidades dos países membros. e tudo a preços populares. confira aqui a reportagem de denise mota. as outras boas noticias nos chegam da unila, a universidade federal da integração latino-americana. conheça, entre outros, o projeto unila cartonera, que numa de suas edições traz uma versão trilingue de relatos do uruguaio horacio quiroga.

confira acima o áudio de a la deriva gravado em guarani por jazmín gutierrez e aqui noticias sobre os cursos de quéchua e de guarani que são oferecidos à comunidade. e aproveite que estamos falando de coisas boas e confira a excelente programação que as meninas da plataforma internacional de dança prepararam para a edição 2012.

confira as canções e os artistas desta edição:

[spoiler title=”si no estoy aquí” open=”0″ style=”1″]

si no estoy aquí, esta versão da canção composta por jeff frazier é interpretada aqui por hector napolitano no disco el cangrejo terminal, de onde foi tirada para fazer parte da trilha sonora do filme equatoriano qué tan lejos, 2007. com direção de tania hermida e filmado em diferentes cidades equatorianas, o filme procura traçar um retrato do país a partir de um encontro casual entre uma equatoriana e uma espanhola. confira o trailer de que tan lejos.

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=yv8Zxaq5Eh8″ width=”600″ height=”400″] [/spoiler] [spoiler title=”la dormida” open=”0″ style=”1″]

la dormida, do disco afrorumba chilenera da banda chilena juana fe. a canção faz parte da trilha sonora do documentario serec, que aborda a exploração do cobre no chile. além da canção de juana fe, a trilha sonora do filme conta com canções do grupo guachupé, do rapper subverso, e do cantor argentino gustavo cordera. realizada pelo coletivo obreros visuales o filme discute o modelo neoliberal vigente na américa latina e incentiva formas de luta e de resistência popular. confira o documentário.

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=6RcEx6Y_oYo” width=”600″ height=”400″] [/spoiler] [spoiler title=”sea” open=”0″ style=”1″]

sea, canção composta e interpretada pelo uruguaio jorge drexler. esta canção foi incluída na trilha sonora do filme argentino no sos vos, soy yo, uma comédia romântica dirigida por juan taratuto, lançada em 2004 e que conta com as atuações de diego peretti, soledad villamil e cecilia dopazo, que também assina o roteiro do filme. confira o trailer.

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=HanCCqtIKHI” width=”600″ height=”400″] [/spoiler] [spoiler title=”alma perdida” open=”0″ style=”1″]

alma perdida, de timpana, um projeto iniciado por alejandra lanza e amado espinoza em 2007 quando criaram sua primeira canção, “alma perdida”, que agora dá nome ao seu primeiro disco. “alma perdida” é também o tema principal da trilha sonora do filme boliviano olor de tu ausencia, de eddy vásquez. confira o vídeo-clipe da canção.

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=4Os95tNB5CQ” width=”600″ height=”400″] [/spoiler] [spoiler title=”la sirenita” open=”0″ style=”1″]

la sirenita, interpretada por chalo (grupo volován), por plastilina mosh, ambos da cidade de monterrey, méxico, e pelo cantor espanhol tonino carotone. faz parte da trilha sonora do filme mexicano y tu mamá también, protagonizada por gael garcía bernal, diego luna e maribel verdú. confira o trailer do filme.

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=cref3A2_Ry4″ width=”600″ height=”400″] [/spoiler] [spoiler title=”huye hermano” open=”0″ style=”1″]

huye hermano, canção originalmente composta por revolber para o filme paraguaio 7 cajas. o filme, dirigido por juan carlos maneglia e tana schembori, conta a história do jovem victor. confira o vídeo-clipe da canção oficial do filme, interpretada pelos rapazes do grupo revolber.

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=N8XUM5VWdKI” width=”600″ height=”400″] [/spoiler] [spoiler title=”aîkobé piratini-me” open=”0″ style=”1″]

aîkobé piratini-me, do grupo sinhô preto velho, que surge em 1998, e traz como proposta a mescla ritmos da música indígena e afro-brasileira com elementos da música eletrônica. o grupo se dedicou a pesquisar e estudar o tupi guarani para a produção do seu terceiro álbum, ka’umondá, em que todo o repertório é cantado nessa língua.

[/spoiler] [spoiler title=”tinkuman” open=”0″ style=”1″]

tinkuman, composição tradicional boliviana interpretada pela argentina mariana baraj, cantora e percussionista que combina a música folclórica latino-americana com diversos estilos, fruto de sua passagem por bandas de diferentes gêneros. “tinkuman” faz parte do álbum margarita y azucena.

[/spoiler] [spoiler title=”tan fácil” open=”0″ style=”1″]

tan fácil, do álbum bi – disco 1 jogo/ subtropicalia (2012), de kevin johansen com sua banda the nada. neste trabalho kevin mostra o seu estilo bi, em que reúne no disco 1, (jogo) subtropicália, um repertório mais folclórico, também em referência aos tropicalistas; já no disco 2, fogo (pop heart), traz canções num estilo mais pop, com letras em inglês. “tan fácil”, traz a participação de paulinho moska. confira mais sobre kevin johansen:

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=kzSqPxgM5tQ” width=”600″ height=”400″] [/spoiler] [spoiler title=”miedo” open=”0″ style=”1″]

miedo, composição de lenine, numa versão em espanhol feita com pedro guerra e rodney assis, no cd acústico mtv (2006), de lenine. “miedo” conta aqui com a participação da mexicana julieta venegas no acordeon e nos vocais. esta canção foi incluída no álbum ofrenda (2001) de pedro guerra, que dividiu os vocais com lenine. confira aqui a interpretação de julieta venegas e lenine. vídeo

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=ZQpmc6hiIBQ” width=”600″ height=”400″] [/spoiler] [spoiler title=”juveniles brios” open=”0″ style=”1″]

juveniles brios, do álbum soy pecadora (2009), da cantora e compositora ana prada, que inicia a carreira em 2006 , sendo um dos destaques da cena da folk-pop no uruguai. ana já gravou duetos com diferentes cantores, entre eles arnaldo antunes e paula toller, que podemos conferir na canção “juveniles brios”.

[/spoiler] [spoiler title=”temporal” open=”0″ style=”1″]

temporal, do álbum pampa esquema novo, do cantor e compositor richard serraria. esta canção foi composta por richard junto com o também cantor e compositor pablo grinjot, que demonstra uma das muitas parcerias que vem ocorrendo entre cancionistas do rio grande do sul, da argentina e do uruguai. saiba mais sobre estas parcerias no trailler do documentário “ a linha fria do horizonte”:

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=mBsimXmkiss” width=”600″ height=”400″] [/spoiler]

compartilhe!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • RSS
  • PDF
  • Email